Vacinas contra meningite e pneumonia podem ser incluídas no calendário oficial

Duas novas doses podem ser incluídas no calendário de vacinação do Brasil: a pneumo 13 e a meningo ACWY. Atualmente, as duas doses só são encontradas em clínicas particulares. A previsão é que as vacinas sejam incluídas no programa nacional de imunização já no próximo ano. Se a inclusão ocorrer mesmo, serão 21 vacinas no total do calendário.
Pneumo 13
A vacina pneumocócica conjugada 13-valente (VPC13) previne cerca de 90% das doenças graves (pneumonia, meningite, otite) em crianças. A doença é causada por 13 sorotipos de pneumococos, de acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações.
Indicação da pneumo 13:
Crianças a partir de 2 meses e menores de 6 anos de idade: recomendada a vacinação rotineira.
Crianças com mais de 6 anos, adolescentes e adultos portadores de certas doenças crônicas: recomenda-se esquema com as vacinas VPC13 e VPP23.
Maiores de 50 anos e, sobretudo, maiores de 60: recomenda-se esquema com as vacinas VPC13 e VPP23.
Meningo ACWY
A meningo ACWY previne meningites e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y. A meningite meningocócica, que causa a infecção das membranas que recobrem o cérebro, está entre as doenças imunopreveníveis mais temidas.
Indicação da meningo ACWY:
Crianças e adolescentes, conforme recomendações das sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e Imunizações (SBIm).
Adultos e idosos, dependendo da situação epidemiológica.
Pessoas de qualquer idade com doenças que aumentem o risco para a doença meningocócica.
Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.
A meningo ACWY é contraindicada para pessoas que tiveram anafilaxia após o uso de algum componente da vacina ou após dose anterior.
Calendário de vacinação no Brasil
A inclusão das novas vacinas no calendário de vacinação foram anunciadas durante a 20ª Jornada Nacional de Imunizações, realizada de 26 a 29 de setembro, no Rio de Janeiro. O evento também falou sobre a ampliação da vacina dTPa (que combate a difteria, o tétano e a coqueluche) para estagiários de medicina, enfermagem e fisioterapia.
Confira o atual calendário de vacinação, de acordo com o Ministério da Saúde:
Ao nascer

  • BCG (Bacilo Calmette-Guerin): previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea – dose única
    Hepatite B – dose única

Dois meses

  • Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB – 1ª dose
  • Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne poliomielite ou paralisia infantil – 1ª dose
  • Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – 1ª dose
  • Rotavírus (previne diarreia por rotavírus) – 1ª dose

Três meses

  • Meningocócica C: previne a doença meningocócica C – 1ª dose

Quatro meses

  • Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por Haemóphilus influenzae tipo B – 2ª dose
  • Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne a poliomielite ou paralisia infantil – 2ª dose
  • Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – 2ª dose
  • Rotavírus: previne diarreia por rotavírus – 2ª dose

Cinco meses

  • Meningocócica C: previne doença meningocócica C – 2ª dose

Seis meses

  • Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB – 3ª dose
  • Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne poliomielite ou paralisia infantil – 3ª dose

Nove meses

  • Febre Amarela: previne febre amarela – dose única

Doze meses

  • Tríplice viral: previne sarampo, caxumba e rubéola – 1ª dose
  • Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – reforço
  • Meningocócica C: previne doença meningocócica C – reforço

15 meses

  • DTP (Difteria, tétano e coqueluche) – 1º reforço
  • Vacina Oral Poliomielite (VOP): previne poliomielite ou paralisia infantil – 1º reforço
  • Hepatite A – dose única
  • Tetra viral ou tríplice viral + varicela: previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora – uma dose

Quatro anos

  • DTP (Difteria, tétano e coqueluche) – 2º reforço
  • Vacina Oral Poliomielite (VOP): previne poliomielite ou paralisia infantil – 2º reforço
  •  Varicela atenuada: previne varicela/catapora

De 9 a 14 anos

  • MENINAS – HPV: previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais – 2 doses com seis meses de intervalo

De 11 a 14 anos

  • Meningocócica C: doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do sorogrupo C – Dose única ou reforço
  • MENINOS – HPV: previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais – 2 doses com seis meses de intervalo

De 10 a 19 anos

  • Hepatite B: 3 doses, de acordo com a situação vacinal
  • Febre Amarela: 1 dose se nunca tiver sido vacinado
  • Dupla Adulto: previne difteria e tétano – reforço a cada 10 anos
  • Tríplice viral: previne sarampo, caxumba e rubéola – 2 doses, a depender da situação vacinal anterior
  • Pneumocócica 23 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – 1 dose a depender da situação vacinal – A vacina Pneumocócica 23V está indicada para grupos-alvo específicos

De 20 a 59 anos

  • Hepatite B: 3 doses, de acordo com a situação vacinal
  • Febre Amarela – dose única, verificar situação vacinal
  • Tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola) – se nunca vacinado: 2 doses (20 a 29 anos) e 1 dose (30 a 49 anos)
  • Dupla adulto (DT) (previne difteria e tétano) – Reforço a cada 10 anos
  • Pneumocócica 23 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – 1 dose é indicada para grupos-alvo específicos a depender da situação vacinal

60 anos ou mais

  • Hepatite B: 3 doses, de acordo com a situação vacinal
  • Febre Amarela – dose única, verificar situação vacinal
  • Dupla Adulto (previne difteria e tétano) – Reforço a cada 10 anos
  • Pneumocócica 23 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – reforço a depender da situação vacinal – A vacina está indicada para grupos-alvo específicos, como pessoas com 60 anos e mais não vacinados que vivem acamados e/ou em instituições fechadas.

Gestante

  • Hepatite B: 3 doses, de acordo com a situação vacinal
  • Dupla Adulto (DT) (previne difteria e tétano) – 3 doses, de acordo com a situação vacinal
  • dTpa (Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto) – previne difteria, tétano e coqueluche – Uma dose a cada gestação a partir da 20ª semana de gestação ou no puerpério (até 45 dias após o parto).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *