Veja 5 dicas para ser encontrado online e atender mais pacientes

Não importa mais qual o ramo do negócio: para ser encontrado é preciso estar na internet! E isso vale, claro, para médicas e médicos.
Pacientes já não procuram mais especialistas nos guias impressos disponibilizados por planos de saúde, muito menos nas listas telefônicas de papel. Hoje é tudo buscado pelo Google.
O paciente entra no site do buscador, coloca a especialidade do médico que deseja, a cidade, talvez até o bairro, e pronto. Uma lista com os principais especialistas com aqueles requisitos aparece.
Mesmo quem já é paciente de algum(a) médico(a) acaba não guardando cartões de visita: vai para o Google, digita o nome da pessoa com a especialidade ou o município, e voilà. O próximo passo, claro, é entrar no site da médico ou do médico e fazer o agendamento online.

Presença na web

Para o paciente, o processo é bem simples e muito eficaz. Mas para o profissional, nem tanto. Aparecer na primeira página do Google, que é onde as pessoas realmente clicam, requer uma boa presença na web.
Na internet, quando se fala em presença, não significa apenas ter um site. Buscadores como o Google investigam se a página é boa, tem informações relevantes, se atende aos objetivos de quem está fazendo a busca. É por isso que, para quem não é profissional de Comunicação ou Marketing, por exemplo, “aparecer no Google” é mais difícil.
Mas também não é impossível. Algumas ações simples podem ajudar, e muito, a sua presença na web. Separamos cinco dicas para você ser facilmente encontrado(a) por pacientes em buscas na internet.

1) Esteja em um buscador especializado

Assim como o Google, que centraliza informações de vários sites, buscadores especializados centralizam informações de um nicho específico de serviços. Aqui na DoutorX, por exemplo, esse nicho é o da saúde.
Esses sites funcionam como um guia-médico, tipo aqueles que os planos enviavam pelo correio em 1800-e-antes. O paciente que chega no buscador especializado espera, claro, encontrar todas as informações de um guia: endereço, telefone, WhatsApp (caso tenha um do consultório), e-mail, os dias e horários de atendimento, planos de saúde atendidos.
Além disso, é claro, buscam informações profissionais. Especialmente para pacientes novos, saber as especialidades de um(a) profissional é fundamental para decidir se é ali que deseja se consultar.

2) Tenha um endereço com seu nome

O Google, como você já sabe, procura entregar as melhores páginas em seus resultados. Para tanto, leva em conta muitos (muitos mesmo!) fatores, e entre eles está o endereço do site, chamado de URL – aquele que começa com “https://” ou com “www.”.
Quando mais conhecida uma URL, e com mais acessos, maior é chance de um site aparecer na primeira página do Google. É por isso, por exemplo, que buscadores especializados – que além uma URL conhecida têm também diversos conteúdos informativos para o público – são “bem vistos” pelo Google.
Tem um perfil em um (ou mais!) desses sites é um excelente começo para quem quer ser encontrada ou encontrado por pacientes. Isso vale tanto para perfis pagos, que permitem oferecer informações completas sobre seu consultório, quanto para o cadastro básico gratuito.

3) Ofereça conteúdos informativos com seu nome

O Google valoriza, além da URL, conteúdos informativos, ou seja, aqueles textos e vídeos que respondem as perguntas das pessoas. Principalmente depois da onda recente de fake news – em que muitas notícias falsas foram divulgadas, trazendo prejuízo para a sociedade –, o buscador dá ainda mais visibilidade para conteúdos bons e publicados em sites confiáveis.
Como especialista, é claro que você já tem uma credibilidade a mais, que vem da sua formação e de seu registro no Conselho. Se, aliado a isso, você produzir notícias com informações relevantes em sites também confiáveis, tem ainda mais chances de ser bem rankeada(o) no Google.
Se você tem um site próprio, pode publicar esses conteúdos nele mesmo. Também é importante, na medida do possível, que você dê entrevistas e contribua para conteúdos sobre saúde em sites sobre o tema – veja os posts aqui do DoutorX para ter uma ideia de como esses conteúdos podem ser apresentados ao cliente.

4) Esteja nas redes sociais

Sim, nos dias de hoje, ter uma rede social profissional faz toda a diferença. Isso porque, para parte do público, a presença no Facebook ou Instagram, por exemplo, traz credibilidade.
Além disso, especialmente para uma fatia do público mais jovem, é nas redes sociais que são feitas as buscas por médicas e médicos. Em vez de usar o Google, as novas gerações recorrem aos perfis nas redes para encontrar endereço, telefone e site de seus especialistas da área da saúde.
Lembre-se, no entanto, de não juntar sua conta pessoal à profissional. Faça um perfil do “seu eu médico”. Nele, insira informações relevantes de sua especialidade, dados de contato, site. Inclua também as dicas, aquelas do conteúdo do seu site ou dos sites para os quais você deu entrevista.

5) Mantenha a imagem profissional

Assim como separar perfil pessoal e profissional nas redes sociais, ter uma imagem geral de profissional é essencial para transmitir confiança a pacientes novos e antigos. Ainda que você não seja convencional em relação aos estereótipos de sua área, mantenha-se nos padrões mínimos para demonstrar que sua atuação é de primeira.
Uma das formas de fazer isso, por exemplo, é incluir “dra.” ou “dr.” como parte de sua URL ou seu nome nas redes sociais. Dentistas, nutricionistas, psicólogos e outros profissionais da saúde que não usam a denominação de “doutor(a)” podem usar o nome da área ou mesmo qualificações acadêmicas.
Ter uma foto formal também é interessante. Se você não quer ou não pode fazer uma imagem em estúdio, faça com seu celular mesmo. Escolha uma parede de cor neutra, uma roupa ou jaleco que você realmente usa no consultório: e sorria! Simpatia é importante, e deixa as pessoas mais à vontade para entrar em contato.
Lembre-se de que você pode ser você mesma(o) online e ainda usar isso a seu favor. Quanto melhor você conseguir demonstrar o que tem a oferecer, mais pacientes virão na sua direção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *