5 alimentos que ajudam a prevenir problemas cardíacos

Não é difícil manter um coração saudável, mas na correria do dia a dia, acabamos nos descuidando. Trocamos um prato de comida por hambúrgueres e sanduíches e ainda deixamos de fazer exercícios. Alimentação e atividade física: dois itens básicos para prevenir problemas cardíacos.

O exercício ajuda a estimular o músculo cardíaco, a perder peso e melhorar a pressão arterial. Contudo, não faz milagre sozinho. É preciso também cuidar da alimentação. E, diferente do que muitos pensam, não é necessário uma dieta restritiva para deixar o coração saudável.

Muito pelo contrário: até a bebida alcoólica está liberada. Isso mesmo, o vinho é um dos principais aliados do coração. Claro, a dose precisa ser controlada. Outra boa notícia: chocolate também pode, desde que seja o amargo.

São diversos os alimentos considerados “cardioprotetores” e vão desde óleos vegetais a frutas, vinho e doces. O importante é consumir itens que auxiliem no controle do colesterol.

Então, vamos conhecer alguns desses cardioprotetores? Confira 5 alimentos que vão ajudar a cuidar do seu coração. Ah, e não se esqueça de acrescentá-los na lista do supermercado.

Peixe

O peixe é considerado um dos principais alimentos amigos do coração. Além de ter pouca gordura saturada, o peixe tem ômega 3, que faz bem à saúde cardíaca.

O ômega 3 tem ação anti-inflamatória e controla os níveis de triglicerídeos no sangue. Isso reduz o risco de doenças cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC).

Laranja

A laranja contém folatos e antioxidantes, que aumentam a resistência a infecções, reduzem o colesterol e previnem doenças cardíacas e derrames. O principal benefício da laranja está nas fibras solúveis presentes na parte branca da fruta, conhecida como bagaço. Além disso, a laranja é rica em vitamina C, A, B, E e fonte de minerais como ferro, zinco, potássio, cálcio, magnésio e manganês.

Chocolate amargo

Apontado por muitos como “o vilão da alimentação”, o chocolate faz, sim, bem para a saúde. Claro que em doses controladas.

Um detalhe importante é a porcentagem de cacau: o ideal é consumir o chocolate que possui acima de 70% de cacau. O chocolate amargo é fonte de flavonóides, compostos antioxidantes que auxiliam no aumento da concentração do colesterol bom no sangue.

Cereais e grãos integrais

Aveia, linhaça, chia, amaranto, quinoa. Todos são ricos em proteínas, minerais e vitaminas. O alto teor de fibras dos cereais ajuda a melhorar o funcionamento do intestino.

Assim, esses grãos reduzem a retenção de líquido e também a gordura corporal. Como a maioria dos alimentos já citados, os cereais também colaboraram para o controle do colesterol, o que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

É importante destacar que, ao incluir as fibras na sua alimentação, é fundamental aumentar o consumo de água.

Ovo

O ovo é um ótimo aliado da alimentação saudável. Rico em proteínas e gorduras do bem, o alimento traz diversos benefícios para o organismo.

Contudo, é preciso cuidar a forma de prepará-lo: evite fritar o ovo em óleo vegetal. Procure consumi-lo cozido ou em forma de omelete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *