Toalha quente ajuda em barbear suave e sem inflamações

Se você nunca (literalmente) sentiu na própria pele, com certeza ao menos já viu na TV ou na internet os barbeiros profissionais usando uma toalha quente no processo de aparar a barba. É uma cena bem característica: a toalha branquinha é colocada ao redor do queixo e do pescoço, cobrindo até abaixo das orelhas e, dependendo do local, ficando também sobre os olhos.

Mas por que os profissionais fazem isso? É algo que tem uma função no barbear ou serve apenas como técnica para conquistar o cliente?
A toalha quente tem, sim, um papel no ato de barbear. A explicação é a mesma da Física: o calor leva à dilatação dos poros. Com poros “menos apertados”, é mais fácil a lâmina fazer o corte,o que evita inflamações.

Além disso, o calor da toalha também serve para amolecer os pelos. É como lavar o cabelo, em um certo sentido: o fio fica mais macio e maleável quando está úmido. O tempo indicado por dermatologistas para manter a toalha sobre o rosto é de ao menos 30 segundos. Em barbearias, via de regra, o processo leva mais de dois minutos.

duas maneiras para aquecer a toalha umedecida. A primeira delas é usar o microondas, com um tempo que, dependendo do aparelho, varia entre um minuto e um minuto e meio, normalmente. É possível também esquentar a água na chaleira, de preferência desligando o fogo antes de chegar à fervura completa. Em ambos os casos, o ideal é molhar a toalha e torcer o tecido depois, para eliminar o excesso de líquido antes de testar a temperatura.

Função relaxante também conta

Além da temperatura em si, que leva a uma maior maleabilidade dos fios, a toalha quente também tem uma função relaxante. Para esta segunda tarefa, alguns profissionais usam óleos essenciais. Substâncias como hortelã, eucalipto, sândalo e lavanda são as mais comuns, em função de suas propriedades relaxantes. Cerca de duas gotas já bastam para o serviço.

Com função dupla, há ainda a possibilidade de o(a) barbeiro(a) fazer uma massagem facial no cliente. Com isso, o calor é mais rapidamente distribuído, por causa da maior área de contato, e também o relaxamento é maior.

Segundo dermatologistas, uma alternativa à toalha quente é fazer a barba após o banho. A água do chuveiro, se quente, tem o mesmo efeito que a toalha, de abrir os poros, facilitando o trabalho e permitindo o corte mais rente, com menos irritação após o barbear.

Cuidado com a temperatura

É claro que, apesar do nome, a toalha quente não pode estar fervendo. A temperatura alta pode gerar desconforto e até queimaduras. O ideal é que tocar a toalha com as costas das mãos por um período mais longo para sentir a temperatura.

Outro cuidado, tanto em barbearias profissionais quanto em casa, diz respeito à higiene. No estabelecimento comercial, as toalhas devem ser esterilizadas antes de serem embebidas em água — só a água quente não conta! Em casa, o ideal é ter uma toalha exclusiva para cada pessoa e para esse fim apenas.

Para o pós-barba, médicos indicam lavar o rosto com água fria. Isso faz os poros fecharem novamente, além de ajudar na remoção de resquícios do creme de barbear e dos fios recém-aparados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *