É possível envelhecer com qualidade?

Você já se imaginou mais velho? Se sim, você já pensou como o mundo e as pessoas ao seu redor vão estar? Não temos a certeza de nada e muito menos de como será o futuro, mas o que podemos afirmar é que você encontrará mais pessoas de mais idade como você.
Isto é o que afirma a Projeção da População, divulgada neste mês pelo IBGE. Durante os próximos anos, iremos perceber com mais intensidade o envelhecimento da população brasileira. De acordo com os dados da Projeção, até 2060, um quarto da população deverá ter mais de 65 anos e o país já terá mais idosos do que crianças.
Se fizermos uma divisão por regiões e estados do Brasil, o Sul e o Sudeste serão os primeiros impactados. Em 2029, o Rio Grande do Sul será o primeiro estado a possuir mais idosos do que crianças de até 14 anos. Seguindo, em 2033, estarão os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Em contrapartida, Amazonas e Roraima – estados considerados mais “jovens” – continuarão com mais crianças do que idosos até o limite da Projeção, em 2060.
Com relação a expectativa de vida, a Projeção do IBGE relata que Santa Catarina, que atualmente toma o posto de estado com maior expectativa de vida ao nascer (79,7 anos), em 2060, deve manter o primeiro lugar com 84,5 anos. Já no outro lado do Brasil, o Maranhão tem hoje a menor esperança de vida (71,7 anos), posição que será ocupada pelo Piauí, em 2060, com expectativa de vida de 77 anos.
Porém, se todos estes fatos se concretizarem, as mudanças com relação a estrutura da população brasileira podem geras diversos impactos, tanto na economia como na saúde do país.

Fale como um especialista


O Dr. Daniel Pietko da Cunha é médico especialista em geriatria.
Atende em seu consultório, na cidade de Belo Horizonte, no Rio Grande do Sul.

Marcar uma consulta.

O envelhecimento da população aumenta a incidência de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, e, infelizmente, os serviços públicos brasileiros não estão preparados para atender estas demandas.
Mas, será que podemos fazer alguma coisa para envelhecermos melhor? Prepare-se para esta realidade conferindo algumas dicas de bem-estar. Confira algumas delas:

Leia também:

Tenha uma alimentação adequada

Ter uma alimentação saudável se tornou um tema amplamente discutido, atualmente, estre as pessoas. Mas, mais do que buscar resultados momentâneos ou somente estéticos, ingerir quantidades adequadas de alimentos saudáveis é garantir uma velhice melhor.
Indica-se o consumo de frutas, vegetais frescos, grãos integrais e carnes magras, e deve-se evitar os alimentos com muito açúcar e sal.

Pratique exercícios regularmente

Assim como no tópico acima, a prática de exercícios, também muito em alta por conta do culto ao corpo que está cada vez mais forte, também deve ser algo a ser pensado a longo prazo.
Mais do que garantir o corpo dos sonhos, é prevenir a ocorrência de dores nas costas, pulsos e pescoço – além de doenças mais graves -, e também reduzir o desenvolvimento de problemas de memória.

Se cerque de pessoas que te fazem bem

Não que seja muito difícil de pedir, mas estar rodeado de pessoas que você ama é um fator essencial que irá contribuir para uma velhice melhor. Já foi comprovado cientificamente que as pessoas que possuem vários amigos e que frequentemente realizam atividades em conjunto, têm 50% a mais chances de viver por mais tempo do que as pessoas que não saem de casa.
O importante de termos acesso a dados como esses do IBGE é já sabermos com antecedência o que podemos encontrar no futuro. Não podemos garantir ou ter a certeza sobre as coisas, porém, não iremos perder nada ao mudarmos hábitos e rotinas para que a nossa vida se torne melhor.
Além das dicas acima, que tal começar a ter um acompanhamento e um cuidado mais próximo da sua saúde contando com os serviços médicos do Doutor X? Clique aqui para saber mais.
Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *