Para que serve a bota pneumática? Entenda como ela funciona na fisioterapia

Elas envolvem os membros inferiores até a altura do quadril e parecem um saco de dormir. Talvez você até já as tenha visto sendo usadas por atletas, mas não imaginou para que servem: são as chamadas “botas pneumáticas”, acessórios muito eficazes na fisioterapia para a recuperação muscular.

O modelo mais comum é aquele utilizado nas pernas, mas também é possível ser adaptado para os braços. As botas pneumáticas também são conhecidas como “botas de compressão” e costumam ser utilizadas após um treinamento intenso ou de longo volume, sempre com acompanhamento de um(a) fisioterapeuta.

Como funciona a bota pneumática

A principal atuação da bota pneumática é na melhora do fluxo sanguíneo. A função ocorre por meio de um efeito de compressão semelhante à da bomba muscular das pernas e dos braços.

Para utilizar a bota, o paciente deve ficar na posição horizontal e com as pernas elevadas. Por meio de sistema de controle eletrônico, a bota pneumática infla e comprime pés e pernas. Com a pressão do fluxo de ar, a bota trabalha estímulos semelhantes a uma massagem: rapidamente e em diferente pontos.

A compressão é realizada de baixo para cima, na direção dos pés ao quadril. Esse movimento facilita a troca de sangue oxigenado para os músculos.
O fluxo sanguíneo acaba sendo restringido devido ao edema dos tecidos. O processo inflamatório muscular, também gerado pelo exercício físico, é outro fator que altera o fluxo do sangue.

Com a troca de gases facilitada pela bota pneumática, os sistemas muscular e venoso também conseguem drenar as substâncias tóxicas que ficam no organismo após os treinamentos de alta intensidade. O principal deles é o ácido lático – responsável pelas dores musculares.

Indicações

Um dos principais objetivos das botas pneumáticas é acelerar o processo de recuperação muscular. É por isso que esse tipo de acessório é muito utilizado na fisioterapia de atletas, que precisam aliviar a fadiga de forma rápida para voltar logo aos treinos.

No entanto, o acessório é também utilizado por fisioterapeutas como forma de prevenir as lesões esportivas. Além disso, serve como tratamento para Trombose da Veia Profunda, um coágulo sanguíneo que costuma se formar nas veias profundas da parte inferior da perna ou do braço.

A bota pneumática é indicada, ainda, a pacientes em recuperação pós-operatória. O motivo é o mesmo: o acessório promove a melhora da circulação sanguínea e linfática.

Benefícios

Alguns benefícios que a realização de sessões com botas de compressão pode trazer são:

  • Melhora na elasticidade cutânea;
  • Diminuição de edemas;
  • Redução do inchaço e da inflamação;
  • Facilidade de absorção de proteínas;

A longo prazo, a bota pneumática também melhora o desempenho muscular e a longevidade.

Acompanhamento profissional

Principalmente quando se trata de fisioterapia esportiva, as botas pneumáticas podem ser utilizadas junto a outros tipos de técnicas que também ajudam a acelerar a recuperação muscular. Entre elas estão a crioterapia, eletroestimulação e massoterapia.

É importante lembrar que somente um(a) profissional especializado(a) pode indicar o melhor tipo de tratamento e a frequência das sessões de acordo com as necessidades de cada paciente. Por isso, o tratamento deve ser procurado com a indicação médica e sempre deve ser realizado com acompanhamento de uma(um) fisioterapeuta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *