Conheça as 4 doenças de pele mais comuns no verão

Assim como o inverno e a primavera, o verão também tem suas doenças típicas. A combinação de sol, areia, praia, piscina e excesso de suor elevam o risco de algumas doenças da pele.

As principais são micoses, brotoejas, manchas na pele e acne. A boa notícia é que elas  podem ser prevenidas com boa higiene, uso de protetor solar, e roupas leves.

Confira as características de cada uma dessas doenças e saiba como evitá-las.

Micoses

As micoses são infecções causadas por fungos e que podem ocorrer na pele, nas unhas e nos cabelos. Como o calor e umidade são condições favoráveis para o crescimento de fungos, é muito comum as pessoas desenvolverem a doença no verão.

As micoses podem atingir crianças, jovens, adultos e idosos. Ninguém está livre delas. A doença costuma se desenvolver principalmente nos pés (no meio dos dedos), na virilha e também nas unhas.

Como prevenir:

A melhor forma de prevenção da micose é manter os hábitos de higiene. Alguns deles são particularmente mais importantes no verão:

    • Secar-se bem após o banho, principalmente em áreas de dobras da pele, como virilha, entre os dedos dos pés e axilas;
    • Evitar andar descalça(o) em pisos úmidos, como em vestiários e saunas;
    • Evitar calçados fechados, optando sempre pelos mais largos e ventilados;
    • Em casa ou em salões especializados, usar somente o seu material pessoal para manicure/pedicure (homens e mulheres).

Brotoejas

As brotoejas são pequenas bolinhas que surgem, especialmente em bebês, devido ao contato da pele com o suor. As bolinhas podem ser avermelhadas – causando muita coceira – ou transparentes, com menos prurido.

Como prevenir:

  • Usar roupas leves e soltas;
  • Evitar locais muito abafados que propiciam o suor excessivo.

Manchas e sardas brancas

As manchas e as sardas brancas representam o dano causado por raios solares na pele. Elas surgem de forma gradativa, quando menos se espera. São mais comuns em regiões da pele que ficam mais expostas, como rosto e braços.

Existem dois tipos de manchas. As manchas senis ou melanoses solares, em geral, são escuras, e surgem em áreas que ficam muito expostas ao sol, como o rosto, as mãos, braços, o colo e os ombros.

Já as sardas brancas aparecem quando há ação acumulativa da radiação solar sobre áreas de pele expostas ao sol de forma prolongada e repetida ao longo da vida.

As manchas e sardas são benignas e, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, não evoluem para um câncer de pele. Contudo, é indicado procurar um especialista para avaliar a lesão.

Como prevenir:

A melhor forma de prevenir é usar protetor solar, já que tanto manchas quanto sardas surgem pela exposição demasiada à radiação solar.

Acne solar

A acne, normalmente, aparece devido à oleosidade da pele. São, é claro, muito comuns em adolescentes e jovens, em função da atividade hormonal.

No verão, devido ao suor, o uso de filtro solar e a própria radiação solar, a pele tende a ficar ainda mais oleosa. Por isso, a acne que aparece nessa época do ano em função desses hábitos chama-se de acne solar.

Como prevenir:

  • Lavar o rosto com um sabonete adequado para o tipo de pele;
  • Usar tônicos mais adstringentes e filtros solares com base aquosa ou em gel, o que pode diminuir a oleosidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.