Conheça o tratamento contra câncer que conquistou o Nobel de Medicina

Pesquisas relacionadas à imunoterapia como tratamento contra o câncer garantiram o Prêmio Nobel de Medicina ou Fisiologia de 2018 aos imunologistas James P. Allison, dos Estados Unidos, e Tasuku Honjo, do Japão. Os vencedores, anunciados dia 1º de outubro, descobriram medicamentos que desmascaram o tumor e fazem com que o próprio sistema imunológico ataque a doença.
Segundo o Comitê do Nobel do Instituto Karolinska, na Suécia, a descoberta é o quarto pilar no tratamento contra o câncer – junto com quimioterapia, cirurgia e radioterapia. E, apesar dos efeitos colaterais, apresenta resultados eficazes, inclusive em casos em que a doença está em estágio avançado.
> Quer saber mais sobre o câncer? Então acesse este link.

Câncer “camuflado”

Separadamente, os médicos desenvolveram pesquisas sobre proteínas produzidas por tumores que paralisam o sistema imunológico do paciente. A CTLA-4 e a PD-1 escondem as célula cancerígenas, que conseguem crescer e se multiplicar no organismo sem que o sistema imunológico as perceba como ameaça.
James P. Allison, professor e presidente de imunologia no Centro de Câncer MD Anderson da Universidade do Texas, criou um anticorpo que se liga à proteína CTLA-4 e impede que ela seja ativada. O resultado é que o corpo consegue reconhecer a célula cancerígena e combatê-la.
Tasuku Honjo, professor de imunologia da Universidade de Kyoto (Japão), descobriu a proteína PD-1, que também funciona como freio para os tumores. Entre os medicamentos comercializados que agem contra o sistema do PD-1 estão o nivolumabe e o pembrolizumabe, aprovados em 2014. Esse tratamento tem menos efeitos colaterais do que a terapia anti-CTLA-4.

Terapias e doenças

Os estudos levaram à criação de medicamentos que “desligam” essas proteínas, para que o próprio corpo lute contra a doença e combata as células do câncer. A técnica já comprovou sua efetividade em tratamentos contra diversos tipos de câncer, como o melanoma, o de pulmão e o de rim.
A imunoterapia é cada vez mais utilizada para tratamento dos mais variados tipos de câncer. Além disso, pode ser usada em combinação com outras terapias, reduzindo a mortalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *